Google Chrome IconImage via Wikipedia

Mesmo assim, suporte à plataforma será descontinuado; executivo da empresa afirma que falta de padrão para videos no HTML5 é impasse.
Não demorou para a Google admitir que o formato de vídeos H.264 – ao qual declarou retirar o apoio em detrimento do formato WebM – é mais popular que a plataforma aberta que pretendem apoiar em seu browser, o Chrome.
Depois de a Microsoft e a Google trocarem farpas na internet sobre codecs de vídeo para implementação em páginas HTML5, é possível que ecloda uma batalha em torno de padrões web. Se for o caso, a Google já admitiu que terá muito trabalho pela frente.
“Reconhecemos que o codec H.264 tem mais suporte por parte da comunidade desenvolvedora e das atuais plataformas de hardware (mas o apoio ao WebM também não é desprezível)” afirmou o gerente de produtos Mike Jazayeri no blog do projeto Chromium.

SAIBA MAIS…

Enhanced by Zemanta
Anúncios