>

‘Guardião’ coloca o jogador na pele de bonecos que deve lutar por pilhas.
Game foi criado por grupo de 11 funcionários da Aiyra, de Niterói, no RJ.
Adrian Laubisch, diretor de novos negócios da Aiyra,
apresenta o game ‘Guardião’
(Foto: Gustavo Petró/G1)
Em setembro, o mercado de jogos por download do console Xbox 360, chamado de Xbox Live Arcade, e o PC receberão um game desenvolvido totalmente no Brasil. “Guardião”, game criado pelos jovens da Aiyra, empresa localizado no centro de Niterói, no Rio de Janeiro, coloca o jogador na pele de bonecos em busca de pilhas, foca nos confrontos para até quatro jogadores e, o principal, tenta acabar com o preconceito com games feitos no Brasil são ruins.

“Colocamos o game para testar em diversos eventos de games sem contar para as pessoas que o jogo foi feito no Brasil. Todos gostaram muito do que fizemos e se surpreenderam quando contamos que ‘Guardião’ é brasileiro”, diz Adrian Laubisch, game designer e diretor de novos negócios da Aiyra, em entrevista ao G1.

AfrikaansAlbanianArabicArmenianAzerbaijaniBasqueBelarusianBulgarianCatalanChinese (Simplified)Chinese (Traditional)CroatianCzechDanishDetect languageDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGeorgianGermanGreekHaitian CreoleHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatinLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianUrduVietnameseWelshYiddishAfrikaansAlbanianArabicArmenianAzerbaijaniBasqueBelarusianBulgarianCatalanChinese (Simplified)Chinese (Traditional)CroatianCzechDanishDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGeorgianGermanGreekHaitian CreoleHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatinLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianUrduVietnameseWelshYiddish

Detect language » Portuguese
Anúncios