Intrusos em sua rede sem fio podem roubar sua banda e até mesmo informações em computadores e discos compartilhados.

Uma rede Wi-Fi desprotegida é um convite para que estranhos “peguem emprestado” um pouco de sua banda para acessar a internet. E eles podem pegar mais do que banda. Afinal, uma vez conectados à sua rede doméstica eles também terão acesso aos seus computadores, discos rígidos e impressoras compartilhados. Você deve se proteger.
Aumente a segurança

A primeira coisa que você deve fazer é se certificar de que ninguém consiga entrar em sua rede facilmente. Isso significa habilitar um protocolo de segurança, como o WPA ou melhor ainda, WPA-2. O procedimento muda de roteador para roteador, então o que posso lhe dizer é para consultar o manual. Geralmente o processo envolve digitar o endereço do roteador em uma janela de seu navegador para acessar uma interface de configuração via web.
Você vai precisar criar uma senha de acesso à rede, então escolha uma senha forte para evitar que seja descoberta facilmente. Não use seu nome ou o nome da rede como senha, e prefira misturas de números, letras maiúsculas e minúsculas. Mas lembre-se que você precisará digitar a nova senha em todos os computadores, smartphones, videogames e eletrônicos conectados da casa, o que pode ser um incômodo. Players de Blu-ray são especialmente problemáticos: os controles remotos são os piores dispositivos de entrada de senha que existem.
Anúncios