SÃO PAULO – As redes sociais representam, cada vez mais, uma ferramenta importante para profissionais que estão em busca de trabalho e para empregadores na caça de mão de obra qualificada.

Servem como aliado do candidato para chamar a atenção das empresas na tentativa de obter uma recolocação e, mais do que isso, facilitam o acesso a oportunidades de carreira que antes estavam escondidas, longe do conhecimento da maioria das pessoas à procura de oportunidades de emprego.

O LinkedIn, rede social voltada especificamente para relacionamento profissional, é uma das principais opções para os candidatos (confira nas próximas páginas histórias de profissionais que conseguiram oportunidades de emprego e carreira com o auxílio do site). No entanto, não basta apenas abrir uma conta, é preciso saber aproveitar o que de melhor ela pode oferecer.

Gerenciar adequadamente as configurações do perfil é fundamental e faz toda a diferença para que as empresas consigam localizá-lo, conforme explica a consultora do LinkedIn, Danielle Restivo.

“Seu perfil no LinkedIn é uma das maneiras em que potenciais empregadores podem achá-lo. Uma das dicas é aumentar as chances do seu nome aparecer no topo dos resultados de busca da internet. Para tanto, é preciso personalizar a URL do seu perfil, colocando o primeiro nome e o sobrenome juntos, como uma palavra. Por exemplo, LucasMarchesini”, recomenda.

Segundo ela, também é importante que o perfil público do usuário do LinkedIn esteja visível para todos. “É possível se certificar disso, bem como fazer alterações na opção ‘Configurações’, posicionando o cursor sobre o nome, à direita no topo da página inicial”, explica.

Participar de grupos de discussão, como o Vagas de TI, também é muito útil. Além de verificar oportunidades, é possível trocar informações com outros profissionais.

Confira, a seguir, outras cinco dicas elaboradas pela consultora do LinkedIn:

1 – Destaque suas qualidades profissionais

Certifique-se de preencher as seções de resumo e experiência do seu perfil. Pessoas com pelo menos uma experiência profissional relatada têm 12 vezes mais chances de serem vistas para potenciais oportunidades.

SAIBA MAIS…

Anúncios