O sistema operacional da Microsoft costuma manter registros, às escondidas, sobre a utilização que o usuário faz do computador. Saiba como e por que isso acontece.
Todos sabem que, ao navegar na internet, o navegador registra dados das atividades do usuário: histórico, cookies, arquivos do cache do browser etc. Por meio desses “rastros”, é possível descobrir o que é que a pessoa estava vendo na internet. Por isso, para aumentar a privacidade, muitos limpam esses dados frequentemente, antes de abandonar o PC.
Mas não é só o navegador de internet que coleta dados sobre o uso que você faz dele. O Windows também mantém registros que podem diminuir a privacidade do usuário. Muitos desses “logs” são, na verdade, recursos do Windows para aperfeiçoar a experiência de uso do sistema e, por isso, ocorrem de maneira despercebida ao usuário.
Não há uma ferramenta oficial e de uso fácil para a visualização dessas informações, mas há maneiras de ler esses dados e até de impedir que o sistema colete-os em segredo.
Enhanced by Zemanta
Anúncios